Soarte apresenta no Centro Cultural São Paulo

Dia 18 de maio apresentamos a peça Vim ver Maria, no Centro Cultural São Paulo, na capital paulista. A apresentação fez parte da programação do Dia Nacional de Combate à Violência Sexual Infantil. Foram duas sessões para um público de mais de 800 crianças e pré adolescentes que são atendidos por projetos sociais da prefeitura de São Paulo.



Captado o recurso da Lei Rouanet para a turnê da peça O Viajante Trapalhão



Viva , festa na Soarte, conseguimos captar o recurso pra realizar o projeto "O Viajante Trapalhão", aprovado pela lei Rouanet, se contarmos todo o tempo desde a elaboração do projeto até a captação do recurso, foram dois anos de esperança, entusiamo, decepção e persistência, até que deu certo, isso mesmo, conseguimos. A gente sabe que captar o recurso de um projeto da Lei Rouanet, aqui no interior, sem nenhum apelo comercial ou de mídia, não é das tarefas mais fáceis, então podemos comemorar! As apresentações começam em fevereiro de 2011. Serão 24 cidades que receberão duas apresentações da peça e uma oficina de palhaço. Além disso será realizado um documentário sobre a turnê. A peça O Viajante Trapalhão foi inspirada no livro O Turista Aprendiz do escritor modernista Mário de Andrade.

Soarte estréia peça sobre DST Aids


A última estréia do ano nos trabalhos da Soarte foi a peça "Perigo não tem cara", sobre DST/ Aids, direcionada para os adolescentes. A peça foi encomendada ao grupo pela Secretaria Municipal de Saúde da cidade de Ourinhos. Mais uma vez montamos uma peça encomendada, esses trabalhos vem servindo ao grupo como um exercício de criação, onde à partir do tema proposto, nesse caso, DST/Aids, pesquisamos, conversamos com psicólogas e agentes de saúde que trabalham com esses jovens, mergulhando nesse universo tão delicado e perigoso, e à partir de exercícios de improvisação vamos construindo a dramaturgia da peça. O foco principal do espetáculo é a prevenção. Como estreiamos no fim do ano, dentro da campanha que foi feita na cidade vinculada ao Dia Mundial de Combate à Aids, em 2011 continuaremos as apresentações.

Mostra final Projeto Ademar Guerra 2010 - São Paulo

De 13 a 15 de novembro foi realizada a Mostra final do Projeto Ademar Guerra 2010. O encontro foi realizado no prédio da Oficina Cultural Oswald de Andrade em São Paulo. Foram 3 dias de atividades intensas, exercícios em grupo, debates, exposições, ensaios, e a apresentação final do processo de trabalho dos trinta grupos participantes do projeto. Realmente valeu muito a pena ter participado desse projeto, a vinda do Iarlei Rangel foi muito produtiva, as provocações levantadas fizeram o grupo perceber melhor a complexidade daquilo que queríamos como resultado desse trabalho. Foi muito interessante ter mostrado a cena da peça e perceber as reações que o texto causa no público, e nesse caso, um público de teatro. As  apresentações foram realizadas de uma forma em que a mesma cena era repetida várias vezes, sendo interrompidas pelas interferências do diretor, orientador, ou do público que mandava sugestões escritas no papel. Esse público também era transitório, pois havia outros grupos apresentando em outros lugares, transformando o espaço em um grande cortejo teatral. Todos os grupos apresentaram e assistiram o trabalho dos outros. Quando tudo terminou, muita energia no ar. Também teve festa no espaço do Pessoal do Faroeste, hotel, boteco, idéias e tudo mais.



O Casamento do Pequeno Burguês, ainda em processo de montagem.

Grande parceiro, Iarlei Rangel

Exposição conta um pouco da história do grupo

Montagem da mesa ...

Debate sobre o teatro no interior paulista.

"Vim ver Maria" em Presidente Prudente

O produtor do grupo, Marcelo Piraju fala sobre a peça apresentada em Presidente Prudente.

video

Projeto Ademar Guerra - Mostra de Compartilhamento de Processo

Em agosto, foi realizada a Mostra de Compartilhamento de Processo, atividade do Projeto Ademar Guerra, em que o grupo trocou impressões com o público sobre o seu processo de trabalho. Essa experiência foi muito produtiva para o processo de montagem da peça O Casamento do Pequeno Burguês. O grupo demonstrou como realiza seus trabalhos práticos, e depois debateu com o público essas impressões. Nesse encontro, estavam presentes Iarlei Rangel, orientador do grupo no projeto, e Paulo Faria, coordenador regional. Na verdade, foram dois dias de atividades, no sábado o grupo trabalhou várias dinâmicas e jogos propostos pelo orientador, no domingo também trabalhamos na preparação do encontro, e às 18:00hs foi aberto ao público. Essa atividade também abriu o A(o)gosto das Letras, evento literário realizado pela Secretaria Municipal de Cultura de Ourinhos.
lllllllllllllllllllllllllll